PL Mulher SP

PL dobra número de mulheres eleitas para a Assembleia Legislativa de São Paulo

Deputadas federais vitoriosas nas urnas comemoram expressiva votação e aumento da representatividade feminina no PL

A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) terá, a partir 2023, o maior número de mulheres deputadas da história, com 25 parlamentares eleitas, há quatro anos, foram 19.

O Partido Liberal (PL) conquistou uma maior representatividade feminina e dobrou o número de deputadas, passando de 2 para 4 mulheres. Dessas, 2 são novas na Alesp.

A deputada Valeria Bolsonaro (PL), obteve 131.557 votos. Na sequência, a estreante Daniela Alonso (PL) conquistou 80.337 votos. A deputada Delegada Graciela (PL) conseguiu 68.955 votos, seguida da novata Fabiana B. (PL) com 65.497 votos.

Já na Câmara Federal, entre os partidos que mais elegeram mulheres estão o PL, com 17 nomes. Carla Zambelli (PL-SP) foi a mulher mais votada para uma vaga na Câmara dos Deputados, com 946.244 votos, número 12 vezes superior aos 76.306 votos que havia recebido em 2018, e Rosana Valle (PL-SP), que foi reeleita deputada federal, com 216.437 votos, mais que o dobro conquistado na última eleição, quando conseguiu 106 mil votos.

O que dizem as deputadas federais e estaduais do PL de 2022

Um dos destaques dos resultados das urnas deste domingo é Carla Zambelli, que disse acreditar que as mulheres passaram a se interessar mais por política quando perceberam o quanto as decisões neste âmbito influenciam a vida de sua família.

“As mulheres passaram a admirar outras mulheres fortes, que não se fazem de vítima, que entendem agora que lutar de mulher é onde ela quiser, seja em casa cuidando do lar e da família ou na política. Meus votos são de pessoas que enxergam em mim uma coragem que elas também têm para enfrentar o dia a dia, as dificuldades que o mundo apresenta. Também votaram porque enxergaram a lealdade ao Presidente e ao Brasil”, observa Zambelli.

Para a deputada Rosana Valle, o aumento nos números de mulheres nas cadeiras da Câmara Federal e das Assembléias no Brasil é visto como um avanço, mas ainda é preciso conquistar a igualdade.

“Essa representatividade faz com que tenhamos cada vez mais voz dentro dos espaços políticos. Como deputada, priorizei Projetos de Lei em defesa da mulher, como o que permite a apreensão de arma de fogo de agressores em caso de violência doméstica. Também lutei para que as mulheres tenham, de fato, mais espaço nos cargos de direção das executivas dos partidos”, destaca.

A parlamentar defende que incentivar o protagonismo feminino é uma forma de colocar as mulheres em condições de igualdade com os homens. “Pensando nisso, criamos, dentro do mandato, o Movimento Mais Por Elas, que oferece palestras, cursos e capacitações em empreendedorismo, além de formação política. O aumento de mulheres ocupando espaços na política é, sem dúvida, uma conquista que irá beneficiar milhões de brasileiras. Nossa missão agora é representá-las bem, atuando em defesa das nossas principais causas”, comemora Rosana Valle.

A deputada estadual Valéria Bolsonaro considera positivo o aumento da participação feminina no partido e diz que as eleitas deverão trabalhar por políticas públicas que realmente possam atender as mulheres, mães, filhas, trabalhadoras e empresárias.

“A maior preocupação que temos é com nossas famílias e as grandes dificuldades enfrentadas diariamente, principalmente no que diz respeito à educação dos filhos, saúde e perspectiva de futuro. Vou trabalhar pela atenção especial com as famílias dos deficientes, que por muito tempo enfrentam enormes barreiras, sem qualquer amparo, sendo a representante deste público em nosso Estado, dando voz a quem tanto precisa. Agradeço a todos que confiaram mais uma vez na família Bolsonaro. Vou seguir trabalhando forte pelo nosso Estado, sempre junto ao Presidente Jair Bolsonaro e aqueles que lutam por um país melhor”, disse Valéria.

A nova deputada estadual eleita Daniela Alonso ressaltou o trabalho, juntamente com o apoio da legenda, para obter a vitória nas urnas.

“Foram mais de 80 mil votos confiados a mim. Isso representa uma grande responsabilidade, pois fui a única mulher representante de Marília e Oeste Paulista a me eleger para o cargo de deputada estadual. Acredito que essa conquista é resultado da grande representatividade do partido e do apoio incondicional que o PL nos dá para representá-lo em todas as esferas. Ainda temos um grande caminho a percorrer, afinal é preciso aumentar ainda mais essa representatividade política das mulheres, mas acredito que já estamos no caminho certo”, afirma Alonso.

Reeleita para o segundo mandato, a deputada Delegada Graciela Ambrosio destacou a importância de alcançar a maior votação nessas eleições em Franca. A parlamentar comemora o aumento da representatividade feminina na Alesp, sobretudo, da bancada feminina do PL.  

“Como deputada reeleita vamos dar continuidade ao trabalho em defesa da mulher. Conseguimos aprovar duas importantes leis em nosso mandato, sendo a Viva Mulher (Lei 17192/19) e o Belas Empenhadas (Lei nº 17.352/21), que dão proteção à mulher contra a violência doméstica. E, ainda temos em tramitação na Assembleia o projeto Menstruação Sem Tabu, que prevê a implantação da política pública visando a conscientização sobre a menstruação e a universalização do acesso a absorventes higiênicos no Estado. A nossa luta é para que a mulher tenha o seu espaço e respeito de todos”, pontua.

A parlamentar ressaltou ainda que, em Franca, trabalhou para que as mulheres em situação de vulnerabilidade social pudessem receber implantes anticoncepcionais, além de destinar recursos para fraldas geriátricas e implantar no município, junto com a Polícia Militar, a Patrulha Maria da Penha, que tem atuado de maneira incisiva na proteção às mulheres. 

A nova deputada eleita Fabiana Barroso, mais conhecida como Fabiana Bolsonaro, enfatiza o orgulho em ter se tornado a vice-prefeita mais jovem do país em 2020, com apenas 27 anos. Uma mulher jovem, cristã, conservadora e armamentista que promete ser a nova cara da política, uma política limpa e honesta.

Para ela, as eleitas vão reforçar a voz das mulheres na Assembleia Legislativa. “As 4 deputadas estaduais eleitas darão mais visibilidade e reforçarão a representatividade feminina no legislativo paulista. Esse crescimento é fundamental para avançarmos nas políticas públicas que defendemos. Há pautas importantes que precisam ser discutidas e que envolvem nós mulheres”, destaca Fabiana B.

O Presidente Estadual do PL-SP, Tadeu Candelária, celebrou o aumento da bancada feminina na Assembleia Legislativa e a expressiva representatividade das deputadas federais eleitas por São Paulo.

“Mais mulheres no Poder é sinal de que a sociedade está avançando, isso é relevante e coloca a atuação delas muito mais em destaque. Na Assembleia, o número dobrou de 2 para 4 parlamentares e, na Câmara Federal, o PL-SP elegeu 2 grandes parlamentares, que são motivo de orgulho e honram o nosso partido, assim como os parlamentos estadual e federal ao apresentarem suas propostas. Dessa maneira, mais mulheres se sentem representadas e o nosso país cresce em progresso e mais garantias de direitos voltados a cada uma delas, que na verdade, são a maioria da população’’, avaliza Candelária.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *