PL Mulher SP

PL SP: Deputadas estaduais e federais eleitas são diplomadas pela Justiça Eleitoral

As deputadas estaduais e federais eleitas pelo PL para a 20ª Legislatura da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo e Câmara federal foram diplomadas na manhã desta segunda-feira (19), em cerimônia realizada pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) na Sala São Paulo, na Capital.

As deputadas federais Rosana Valle recebeu o diploma e Carla Zambelli não pôde comparecer à cerimônia, já as estaduais que foram diplomadas são: Valeria Bolsonaro, Daniela Alonso, Delegada Graciela e Fabiana Barroso, mais conhecida como Fabiana Bolsonaro

O evento também diplomou o governador e vice-governador eleitos, respectivamente Tarcísio de Freitas e Felício Ramuth; o senador paulista eleito, Marcos Pontes e seus dois suplentes; os 94 deputados(as) estaduais e os 70 deputados(as) federais do Estado, que atuarão em Brasília (DF).

A entrega dos diplomas é a última etapa do processo eleitoral e oficializa o resultado das urnas. Com a diplomação, a Justiça Eleitoral reconhece os eleitos como aptos para assumirem seus cargos em 2023. As parlamentares do PL foram cumprimentadas pelos integrantes da mesa das autoridades, entre eles o presidente do TJ-SP (Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo), Ricardo Mair Anafe, e do TRE-SP, desembargador Paulo Galizia, que abriu o evento.

Em seu discurso, Galizia destacou o papel dos eleitos na defesa da democracia e no combate às desigualdades. “Desejo êxito a todos os eleitos, e que os senhores e senhoras consigam implementar medidas que contribuam para a melhoria das condições de uma grande parte da população paulista e brasileira”, afirmou.

O presidente do TRE-SP falou também sobre a importância da representatividade nos novos mandatos. Em seu discurso, Galizia celebrou o aumento no número de mulheres e pessoas pretas eleitas por São Paulo. “A democracia por raça e por gênero ainda está longe de ser alcançada, mas o caminho para obtê-la é muito animador. É o caminho do voto, sobretudo, do voto consciente”, afirmou.

Nas eleições de 2022, a população paulista elegeu mais seis deputadas estaduais. Na Alesp, o número de parlamentares femininas vai saltar dos 19 atuais para 25 nos próximos quatro anos.

As parlamentares do PL participaram da cerimônia ao lado de seus familiares e celebraram muito o aumento da representatividade feminina na Assembleia Legislativa. Todas destacaram que as mulheres – maioria do eleitorado – querem ser ouvidas e é com este objetivo que as representantes do partido em São Paulo e em Brasília vão trabalhar: para que a luta feminina esteja sempre em pauta e assuntos como combate à violência doméstica, empreendedorismo e políticas públicas que beneficiem esta parcela da população sejam debatidos.

“As vozes das nossas mulheres serão ouvidas e, juntas, seguiremos conquistando cada vez mais espaço e direito para todas. Contamos com vocês nesta jornada”, ressaltaram as deputadas do PL.

Posses

Agora diplomados, as eleitas e eleitos nas eleições de 2022 estão aptos para tomarem posse de seus cargos nas datas previstas.

O governador e o vice-governador de São Paulo eleitos, Tarcísio Gomes de Freitas e Felício Ramuth, tomam posse em 1º de janeiro. Já os 70 deputados federais eleitos por São Paulo, bem como o senador Marcos Pontes, tomam posse em 1º de fevereiro de 2023, quando tem início a nova legislatura do Congresso Nacional.

Os novos deputados e deputadas estaduais eleitos para a 20ª Legislatura da Assembleia Legislativa de São Paulo tomarão posse em 15 de março de 2023.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *