PL Mulher SP

Vereadora Ana Pavão faz reunião e trata sobre
insumos hospitalares e medicamentos

Brasília – A vereadora Ana Pavão (PL) se reuniu nesta terça (09) com Mirocles Campos Véras Neto, presidente da Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas (CMB).

A CMB é uma associação sem fins lucrativos ou econômicos, composta por 16 Federações Estaduais e representa 2.172 hospitais no território brasileiro dos quais 1.704 realizam os atendimentos através do Sistema Único de Saúde (SUS). Sendo responsáveis por mais de 50% de atendimentos ambulatoriais e internações hospitalares.

Atualmente, as Santas Casas e os hospitais sem fins lucrativos possuem 67% dos tratamentos destinados para radio e quimioterapia, e em torno de 58% dos transplantes realizados.

A Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas têm assento em diversas Comissões e Grupos de Trabalho do Ministério da Saúde e demais pastas, na Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Além disso, acompanha a tramitação de projetos e discussões de interesse do Setor na Câmara dos Deputados e no Senado Federal, e de ações judiciais que possam impactar o Setor.

A parceria com outras entidades representativas do setor hospitalar também faz parte do trabalho desenvolvido pela CMB. A entidade participa, por exemplo, do Instituto Coalizão Saúde, que é uma iniciativa de várias entidades privadas de Saúde, cujo objetivo é contribuir para a inovação, a otimização de custos, o aperfeiçoamento de processos regulatórios e as políticas de prevenção e promoção como pilares centrais para que a Saúde brasileira tenha avanços; e é signatária do manifesto pela ética na Saúde, que estabelece ações que tenham elos mais transparentes no mercado de Saúde.

Sabendo disto, a vereadora Ana Pavão esteve presente com parceiros representantes dos hospitais filantrópicos do estado de São Paulo, sendo eles: Rodrigo Beillo do Hospital GRAAC, Pascoal Marracini do Hospital de Oncologia Dr. Arnaldo, e Marcelo Reis do Hospital Santa Casa de Franca.

A vereadora se posicionou questionando assuntos abrangentes ao sistema de saúde do município de Piracicaba, cobrando um posicionamento em prol de reivindicações que promoverão o aumento de medicamentos e insumos hospitalares, garantindo um melhor atendimento da população que hoje utiliza o Sistema Único de Saúde (SUS). Haja visto que atualmente existem outras patologias não relacionadas à covid-19 que também necessitam de um tratamento eficaz.