PL Mulher SP

Vereadora participa de reunião para tratar sobre a Lei Maria da Penha

“Fico honrada em ter mais uma nova parceira em nossa cidade, e acredito que realizará grandes feitos para as mulheres do nosso município” – relatou a vereadora.

A vereadora de Piracicaba, Ana Pavão (PL-SP) participou de reunião com na Procuradoria da Mulher na qual é representante, com a Patrulha Maria da Penha, composta pelas Guardas Civis Sheila Mayara e Fernanda Nardin para discutir formas de melhorias na aplicação da Lei Maria da Penha, na última segunda-feira,2.

A reunião teve como convidada especial a deputada federal Maria Rosas, que possui foco em atividades legislativas voltadas à família, direitos da educação básica, da mulher e das pessoas com deficiência. Além disso, a parlamentar é procuradora-adjunta na procuradoria da Mulher na Câmara dos Deputados.

A reunião teve como principal objetivo conhecer as demandas que o setor necessita e as dificuldades de atendimento da Patrulha. Em reunião, a Deputada Federal comentou sobre inúmeros projetos possíveis para aplicar no município, como a “Casa da Mulher Brasileira” e o selo “Amigos da Mulher”, que são empresas que auxiliam e dão suporte de empregabilidade amparando as vítimas.

O município disponibilizou um terreno para construção de um espaço para as vítimas de violência doméstica – “Pensamos em criar um lugar como a ‘Casa da Mulher Brasileira’, onde as mulheres teriam atendimento 24 horas, com assistência integral e humanizada às mulheres em situação de violência, facilitando o acesso destas aos serviços especializados e garantindo condições para o enfrentamento da violência, o empoderamento e a autonomia econômica das usuárias”, ressaltou a vereadora liberal.

Na conversa entre parlamentares, a deputada entrou em contato com a Dra. Cristiane Britto, Secretária Nacional de Políticas para as Mulheres, onde foi apresentadas para a vereadora Ana Pavão e as guardas civis presentes na reunião, e ressaltou: “Vamos marcar uma reunião da Procuradoria da Mulher e Patrulha Maria da Penha para discutirmos e alinharmos estratégias para a cidade que já é metrópole”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.